segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Poesia ainda nascendo...

Sou baixo, alto magro, negro loiro sarado gordo! Sou cabeludo careca liso peludo, sou intenso brando rijo duro! Sou doce santo, capeta humano! Sou eu e pronto! Sou meu e basta!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...