Eu

Eu
Bill Oliveira William

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Hermes e Afrodite num Homem Poeta





( Quarto Poema de O Nome do Mundo )


Tem uma mulher machucada dentro de mim...
Uma mulher avessa, aranha!
Uma mulher doidivana
serpente!
Revolucionária, tacanha
que sabe
que não é mulher
...e nem se quer,
quer ser!...
Eu sou um homem-mulher
Como pode isto?!
Uma Sacerdotisa da Velha Deusa,
Um Poeta-Bandido do Novo Amanhecer...
E em pantera negra
me transformo
nas noites de lua cheia e dor!



Um comentário:

Simone MartinS2 disse...

Me lembrou da musica do Pepeu Gomes...Ser um homem feminino, nao fere meu lado masculino...Se DEUS é menina ou menino, sou masculino feminino...Acho que é isso, foi o que lembrei, mas as vezes me acho um pouco masculina,feminina, pois, muitas vezes, assumo o lado do homem das redeas do lar ou na lida com os filhos, e complicado, mas é isso ai, todos nos temos os dois lados da moeda e só nos sabemos, para qual lado queremos seguir ne? Estou adorando seus posts., poxa, ta inspirado hein? abraços!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...