quarta-feira, 6 de julho de 2011

Cartola e seus Versos de Fogo... Alvorada lá no Morro...








Alvorada no Morro 
Composição: Carlos Cachaça/Cartola/Herminio Bello de Carvalho
Alvorada
Lá no morro, que beleza
Ninguém chora, não há tristeza
Ninguém sente dissabor
O sol colorindo
É tão lindo, é tão lindo
E a natureza sorrindo
Tingindo, tingindo
Você também me lembra a alvorada
Quando chega iluminando
Meus caminhos tão sem vida
Mas o que me resta
É bem pouco, quase nada
Do que ir assim vagando
Numa estrada perdida



Na voz de Chico Buarque Alvorada no Morro e no vídeo ainda tem Chão de Esmeraldas...


Imagens : Alvorada no Morro Google Imagens/ http://www.flickr.com
http://artes.ritaalves.zip.net/



3 comentários:

Simone MartinS2 disse...

Boa noite...belo e gostoso de se ouvir, mas so farei um comentario real, se tu aceitares aquele vinho agora...pode ser? To esperando, abraços!

Simone MartinS2 disse...

Bom Diaaaaaaaaaa...tomar vinho as sete da manhã........brrrrrrrrrr...nem pensar, essa hora estou saindo para caminhar e ja fui...tenha um bom dia...abraços, mas agradeço a retribuição e qualquer hora dessas, que venha o vinho!

Yasmine Lemos disse...

Covardia: Chico e Cartola.
amo
beijo meu amigo
bom dia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...