quarta-feira, 27 de junho de 2012

Entrevista com Alexandre Mauj






Frente a Frente com o Fogo recebe Alexandre Mauj Imamura do Blog Lost in Japan.

O Samurai da Blogosfera! Mostrando toda sua arte de pensar e falar bem, nosso amigo fala de usa vida no japão sob uma ótica inusitada e inteligente. Mostrando todo o refinamento que costumamos ver em seu Blog neste bate papo que faz parte das comemorações dos 2 anos do Versos de Fogo.

Alexandre, quando você teve a ideia de criar o Blog?


Eu sou muito preguiçoso e a idéia de ter um blog me dava preguiça só de imaginar.
Escrever com assiduidade, postar coisas, fotos, vídeos...
Ter idéias para escrever, ter que escrever sem ser “de qualquer jeito” que nem eu estou acostumado rs...eu imaginava que me daria um trabalho enorme e nem sempre compensador (ainda mais em tempos de tanto bullying virtual).
A idéia de criar o blog nem foi minha, mas da minha irmã.
Ela sempre me cobrou um, sempre insistiu para que eu contasse em um blog as coisas que eu contava pra ela, aos parentes e amigos, de como era minha vida aqui.
E notei que o blog facilitava muito, era só contar uma vez que todo mundo lia, não precisava mandar foto nem texto para cada amigo ou parente, nem contar a mesma história para cada um, olha só, rs.
E no fim acabou chegando tanta gente legal, tantos amigos excelentes e especiais que o blog virou só alegria e fico feliz de ter meu bloguinho. Quando penso no meu blog e nos amigos que lá frequentam me sinto contente.


Há quanto tempo mora no Japão e desde que idade?


Moro no Japão há dez anos, vim com 26.
Tenho 26 anos de Brasil e 10 de Japão, apesar de muita gente achar que nasci aqui. rs.


Como é a vida de um brasileiro no Japão normalmente?


Sinto que a vida aqui depende muito de você.
Se você souber aproveitar o país a vida é ótima.
Se for daqueles que só lamenta e nada faz, a vida é ruim.
Ou seja, não é diferente de outros lugares no mundo, igualmente no Brasil.
Tem muita coisa boa aqui para se conhecer, viver, aproveitar.
A vantagem daqui é que trabalhando você consegue ter uma vida digna, mesmo que não seja um trabalho tão “glamouroso”.
Pena que nós, brasileiros, somos muito fechados culturalmente, muitas vezes nossa visão de mundo e da vida em si é estreita demais, então a Vida é ruim como consequência disto. Conhecendo outras pessoas, de outras nacionalidades, sinto que infelizmente é o nosso, o brasileiro, um dos mais “cabeça-dura” para se adaptar à uma nova realidade.


Como é a sua vida no Japão?


Trabalho, estudos.... gosto da vida que levo aqui.
É uma vida tranquila, calma.


O que você gosta de fazer pra se divertir?

Adoro passear, viajar!
Vou para tudo o que é canto, conhecer um monte de coisas novas e diferentes.
É o que mais curto. E claro, adoro meus amigos, discos e livros.


Qual é sua opinião sobre a Blogosfera:


Das redes sociais acho que é a melhor de todas, a “clássica”.
A gente sempre aprende muito na blogosfera, conhece um monte de gente interessante e que tem tanto para ensinar. Pessoas incríveis.
Muitas vezes sinto que as pessoas perdem tempo demais brigando em twitter ou se distraindo em excesso no facebook, sites bobocas de humor, etc.
Mas nos blogs, na blogosfera, o resultado é muito mais positivo e enriquecedor. Gosto muito!


Quais tipos de Blog são seus preferidos?


Só não curto muito blog de moda feminina, rs.
De qualquer assunto eu acho legal, sempre tem muito o que aprender e conhecer.


E sobre a Internet livre o que você tem a dizer:


Sou à favor da liberdade de expressão. Mas como na vida é preciso respeito, ordem, educação. As coisas estão meio sem limites em excesso, no sentido de ter sujeito considerar engraçadinho debochar de defeitos físicos, crimes, preconceitos.


Você tem amigos na Blogosfera e nas Redes sociais, acredita que uma amizade ou um amor podem acontecer virtualmente?


Amizades, eu acredito sim. Acredito porque é um fato real em mimha vida.
Tenho excelentes amigos virtuais, gosto tanto deles como gosto dos “reais”.
Amor virtual, nunca passei pela experiência, então não sei como é.
Mas vi muitos casos de amores virtuais que resultaram em felizes uniões reais. E outros não.
Como tudo na vida, acho que depende muito mais das pessoas envolvidas que da “situação”.


Você gosta de anime japonês e tokusatsu?


As faces da cultura japonesa mais conhecidas no exterior (anime, mangá, tokusatsu...) eu não curto, não.


Caso sim, você assiste aos lançamentos no cinema?
-


Como é a vida cultural em sua cidade?


Japoneses valorizam muito a educação. Por consequência, a cultura.
Sempre há muitos eventos culturais, por toda a cidade.
Muitos festivais de música, poesia, artes tradicionais e modernas.
Na cabeça de japonês é um desperdício você ficar vendo televisão de fim de semana, em casa. Eles são bem “rueiros”, é programa de fim de semana ir à um evento cultural, atividades diversas.
Para se ter um panorama das atividades culturais da cidade, deixo este link que lista “apenas” as atividades mais importantes: http://kikuko-nagoya.com/information.html  


E o cinema japonês como é?


Fisicamente são muito confortáveis rs. E os espectadores são educados (não ficam conversando no meio do filme, jogando pipoca pelos ares, essas coisas de maloqueiro).
A produção local tem grande espaço, geralmente a arrecadação empata ou perde por pouca coisa para os filmes estrangeiros. Tem uns filmes que gosto muito, recomendo “A Partida” (tem no Brasil em DVD),


Existem ainda os grupos de teatro como Kabuki e outros tradicionais?


Existem e fazem muito sucesso.
Há também os “kabuki” versão feminina (Takarazuka), só mulheres podem atuar.
A tv mantém a transmissão de peças de Kabuki e Noh nos fins de semana (como se fazia no Brasil com o TV de Vanguarda, Grande Teatro Tupi...). No ocidente se diz muita besteira, que nem geishas existem mais, pura bobagem (dentre tantas que falam daqui).


O que você destacaria do Japão hoje?


Hoje o Japão já não tem mais aquele pensamento do crescimento do país, de desenvolvimento, de trabalho, trabalho e trabalho.
A China está na frente, passou o Japão. Outros emergentes caminham para tal, inclusive o Brasil.
A fase é de estabilidade e até mesmo uma certa retração.
Então sinto que na sociedade há um grande questionamento de qual o valor da vida, do trabalho, do ser humano, os valores mudaram.
E depois da tragédia do terremoto, voltou um grande senso de união de todos, como havia no pós-guerra, pela reconstrução.
Uma coisa que destaco bastante é justamente esse sentimento de ação pelo coletivo, por todos. Uma visão cultural menos egoista, menos “eu e só eu”.
Houve o grande terremoto em 2011, em um ano o país praticamente se reconstruiu.


Depois de pouco mais de um ano do acidente nuclear no japão, o que se tem falado sobre o assunto?


A pressão aqui é muito grande em relação ao assunto.
Mesmo antes do acidente nuclear as pessoas já olhavam a energia atômica com desconfiança (muitos já tinham medidores de radiação em casa, etc).
Era uma energia “necessária”, mas muito rejeitada.
E o tempo provou que o povo tinha razão, deu no que deu.
Hoje não há NENHUMA usina nuclear funcionando no país, TODAS estão desativadas.
E a briga é pelo fim de todas, o fechamento definitivo. Na província que moro (Aichi) não há usina nuclear, mas há na província vizinha (Shizuoka). E a pressão popular mantém a usina fechada mesmo não tendo sofrido nenhum dano devido ao terremoto de 2011.
Não temos racionamento de energia nem apagões, mas o povo tem se esforçado para economizar luz justamente para não precisar mais de usina. Segue forte a pressão para o apagão definitivo da energia nuclear no país, protestos e abaixo-assinados são uma realidade constante.


O que se fala de ecologia e sustentabilidade por aí?... Na escola existe uma educação mais específica? Pois aqui no Brasil, fica tudo muito na teoria tanto nas escolas, por parte do governo e das indústrias.


Aqui... sinto que a questão eco é mais na prática.
As coisas aqui costumam ser mais postas em prática, é menos teoria. Aliás, é a grande diferença que sinto entre o Brasil e Japão: no Brasil tudo fica mais na teoria, todo mundo sabe o que está errado mas praticamente não há meios de agir, não há movimento além da idéia. 
É o nosso grande defeito, a gente fala demais, a gente pensa demais e até sabe demais, mas age pouco ou mal, as coisas custam a mudar. E acho que isso não deixa o Brasil deslanchar, crescer e liderar do jeito que o país merece.

TODO o lixo é reciclado, tem regras para separar tudo e reciclar.
Sempre há campanhas para diminuir consumo de não-renováveis, via mídia e material distribuido, com dicas para poupar luz, água e gás. Há as campanhas para você carregar sua xícara eco, seu “hashi”, e não usar mais os descartáveis.

Mesmo nos sacolões do governo há inúmeros cursos voltados à ecologia, para diminuir nosso consumo, aprender a reciclar, reaproveitar, etc (já coloquei algumas atividades destas no blog).

A conferência Nagoya 10 (semelhante à Rio 20) foi um sucesso, teve grande participação popular.
O grande entrave ecológico aqui no Japão é a indústria pesqueira, é a vilã em termos ecológicos. Age da mesma forma sorrateira que a indústria da pecuária/extrativista brasileira.



Como é a mídia no japão, sensacionalista como a nossa ocidental?


Tem uma parte bem sensacionalista, mas as pessoas já sabem que é sensacionalista, então acompanham mais por “diversão” e não levam à sério.
A mídia em si é mais formal que a nossa, ocidental.



Quero agradecer sua participação, quero dizer que você é um querido, uma pessoa muito especial, quem te conhece sabe do que estou falando é pura verdade.
E uma opinião pessoal é que seu Blog é um dos melhores que conheço.



Eu que agradeço, querido William. vc que é um amigo especial, adorado por todos nós, seus amigos blogueiros. Muito obrigado, adorei participar!



44 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Will, muito bom conhecer um pouco mais do Ale.
Adoro o blog dele por tudo que representa, pela cultura maravilhosa desse povo.
Parabéns Ale.
Beijinhos aos dois

Astrid Annabelle disse...

Meu querido Alê!!!! Meu querido William!!! Ou vice-versa!!!
Li com muita atenção e carinho. Bom conhecer mais um pouco de um amigo tão querido!!!
Existem alguns amigos que eu gostaria de ver reunidos...Alê faz parte desses amigos...
Um beijo doce William e muito agradecido por mais esse encontro...agora vou nanar que meus Tico e Teco já estão desmaiando de sono...
Beijão Alê!!! Inté já...amanhã eu volto...
Astrid Annabelle

Beth/Lilás disse...

O nosso amadinho da Blogosfera, o nosso Embaixador do Brasil no Japão, Alexandre o Grande Amigo!
A inteligência do Alexandre e sua forma articulada, que busca conciliação de ideias, pensamentos, consegue trabalhar bem os temas divergentes, atrai as pessoas e arrebanha amigos.
O Blog do Alexandre foi mais uma das pontes que nossa amiga Glorinha fez com muitos e quando fomos apresentados, a empatia foi recíproca. Tenho o maior orgulho de chamá-lo de grande amigo, mesmo ainda sendo virtual, porém sei que um dia não será mais. Não importa isso, afinal!
Belíssima entrevista William, você também tem sido uma pessoa que movimenta e traz brilho à blogosfera.
Adorei!
um forte abraço carioca aos dois

ManDrag disse...

É sempre um grande prazer ler os relatos do Alex Mauj. Vim logo correndo quando recebi a notificação da entrevista no fb.
Saudades Alex!
Um abração para ambos.

Beijos

António Rosa disse...

Olá Alexandre, Olá William,

É sempre um prazer acompanhar estra belíssima entrevista em que se poude aprender muito mais sobre o Japão e, sobretudo, sobre o ser humano maravilhoso que é o Alexandre. Foi uma aula de modernidade e de referência. Absolutamente únicas.

Adorei. Amei. E comecei muito bem o dia.

Um forte abraço português a ambos, pessoas que eu gostaria muito de conhecer.

Saudações,

António

✿ chica disse...

Gosto muito do Alexandre e cada vez que tenho oportunidade de saber mais dele á legal!!Adorei!! abração aos dois,chica

Celina Dutra disse...

Parabéns, William, pelo aniversário do blog e por ter convidado o amado Alexandre para nos encantar mais uma vez. Obrigada.

Bia Jubiart disse...

Bom dia William!

O Ale é um amigo muito querido e um grande incentivador da Jubiart! É uma rara pessoa que já nasceu com um luz própria e que contagia...

Grata por oportunizar mais um momento para nós conhecermos mais essa pessoa iluminada!

Beijooooooooooo

Astrid Annabelle disse...

Bom dia alegria!!! William e Alê, conforme prometi voltei.
Mesmo muito bom estas entrevistas onde a imagem virtual se transforma em uma imagem mais humana...eu adorei reler..
Parabéns novamente aos dois queridos do meu coração.
Astrid Annabelle

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

Olá William
Parabéns pelo blog adoro vir ler por aqui ,mais ainda num dia especial com esse convidado tão querido de todos!
Se tem um blog que já li inteiro foi o Lost inteligente ,respeitoso com todos seja lá quem for!
Portanto William parabéns pela escolha vc é super especial!
beijo
beijo

cris photos disse...

Oi William, gosto muito do Alexandre, e adorei esta entrevista dele, fiquei sabendo mais um pouco dele, rsss e também assim conheci seu blog.

Bjus

Maria Célia disse...

Olá, bom dia pra vocês
Que prazer ler esta entrevista maravilhosa com o Alexandre, que já acompanho há bastante tempo pelo belíssimo blog Lost in Japan.
Ale, você é bonito, simpático, inteligente e muito divertido.
Parabéns ao William pelos dois anos do Versos de Fogo, não conhecia e agora passo a acompanhar.
Grande beijo aos dois.
Maria Célia - Cissa

William Oliveira disse...

Zizi, querida, que om que veio!
Eu aprendi com ao Alexandre muitas coisas, este modo dele ser, esta visÃo refinada sãomesmo uma lição!

Bejus de Luz pra vc!

William Oliveira disse...

Astrid, dê este merecido descanço aos neurônios, e volte amanhã renovada. Grato por ter vindo.
Você que leu minha mente ao vir até aqui!

Bejus agradecidos!

William Oliveira disse...

Beth, o Alexandre, você, e aGlorinha, fazem parte daqueles Blogueiros diferenciados e refinados! Como nÃo lembrar da querida Leoa, que tanto amava o refinamento e o Lost in Japan, que tão inteligente e comunicativa, unia mundos e pessoas!

Beju grande Beth Lilás!

William Oliveira disse...

Mandreg querido, logo seremos nós em uma conversa pra lá de quente aqui!
Bjao!

William Oliveira disse...

Bom dia António!
Recebido o abraço.
O ale deu mesmo uma aula, com sua visÃo moderna e inteligente e sua sabedoria bem ao modo guerreiro do sol nascente. Adoro ele!

Grato António!

Você e a Astrid abrilhantam este momento aqui do Versos de Fogo e lhes sou muito grato mesmo!


Bom dia!

William Oliveira disse...

Tbm Adorei Chica, e com vc aqui então que eu tanto amo! Adorei mais ainda!

William Oliveira disse...

Celina, eu agradeço também !
E te agradeço por ter vindo a este momento especial aqui do Versos de Fogo.

Bjs

William Oliveira disse...

Bia, verdade, é uma rara pessoa mesmo, que todos nós aprendemos facinho a amar!

Bejoooooooooooooooooooo ;) !

William Oliveira disse...

Astrid amada! Bom dia! Grato por vir aqui tornar este momento ainda mais iluminado. Beju de Luz Gratidão!
E vamos que vamos te ler lá no Dalla Blog!

William Oliveira disse...

Bejo Eliana, agradeço viu!

Verdade, é um Blog que precisa e merece ser lido o Lost in Japan! É muito lindo!

Um trabalho refinado e Divino!

William Oliveira disse...

Olá Cris, e eu ja ja vou conhecer o seu Blog! E vamos que vamos neste intercâmbio cultural na Blogosfera!

Bejus!

William Oliveira disse...

Olá Maria Célia, volte sempre, logo vou te visitar também em teu espaço.
Verdade tudo que disse sobre o o Alexandre, eu assino embaixo!

Bejus!

Liliane Blog Sonhar e Ser disse...

oi querido....
menino... que entrevista bacana,
gostei das perguntas e das respostas do nosso amiguinho Alexandre.
Um fofo, né.
Aproveito pra deixar um grande abraço pra você William, por manter este espaço tão importante, de aprendizado e troca de experiências.
beijinho no seu coração.

Clara disse...

Will, qdo eu comecei a escrever em blog, era ainda pequenininho, pouco acesso, visitava outros blogs, comentava.... e num desses blogs o Alexandre viu meu comentário, entrou no meu blog, nos conhecemos e logo depois ele colocou um link meu no blog dele! Daí foi um estouro!
Devo praticamente quase todos os seguidores que tenho a ele.
É um encanto de pessoa, que muitas vezes duvidei se ele seria real ou fruto de nossa imaginação.
É muito querido sim, por todos!

Ale, beijos, meu querido!
Will, beijos também, meu querido!

Mônica disse...

Willian
Foi bom saber detalhes de Alexandre apesar de pra mim o que ele escreve eu imagino que ele sente. Tenho certeza disto.
Por isso agradeço a voce pela oportunidade que nos deu de conhecer mais sobre a vida de um brasileiro no Japao. Nao qualquer brasileiro, mas o Alexandre, aquele jovem que se preocupa em mostrar a nossa cultura no outro lado do mundo.
com carinho sua amiga a partir de hoje Monica

Luna Di Primo disse...

uma bela e instrutiva entrevista... parabens aos dois... bjuuu

William Oliveira disse...

Bejus liliane1 Estamos aqui sonhando e sendo luz! Aprendendo também com vc!
beju grande!

William Oliveira disse...

Clara e você tem esta Luz imensa Divina com vc!

Sim o Ale é quase irreal! Um Anjo Real!

Bjus de Luz Amiga!

William Oliveira disse...

monica, seja muito bem vinda e aceito sua amizade.

Verdade o Ale é uma referência da nossa cultura fora do Brasil!

Bejão!

William Oliveira disse...

Grato Luna!

Bjs!

Patricia Pinto disse...

Muito boa a entrevista, o Alexandre é realmente um querido, adorei!!

Simone MartinS2 disse...

Boa noite William, sempre li voce falando do Lost in Japan, mas nunca tive curiosidade de ir la conhecer, mas depois de ler a entrevista hoje, confesso fiquei curiosa...Vou la e depois retorno. Quanto a entrevista, Parabens, voce consegue tornar tudo belo na maneira em que posta tuas entrevistas e um simples post., acaba por virar uma Homenagem, tantas as pessoas que passam para ler...Adorei...Eu volto!
Abraços.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

responder a entrevista foi um enorme prazer, por saber que sairia aqui neste blog do amigo querido William. E mta gratidão pelos comentários tão generosos, olhares de amigos, pessoas que tem bondade ao te olhar.

minha gratidão eterna, William e amigos.

Simone Melo disse...

Bom dia William, voltei e muito emocionada com o que li ontem no Lost In Japan, realmente, ensinamentos de vida através das palavras bem colocadas. E a imagem daquela senhorinha? Ficou por um tempo em minha memoria. Aqui tbm tem uma senhora que vive para la ae para ca, em sua cadeira de rodas motorizada. Sempre cheia de sacolas, vai a todo lugar sozinha. Lições de vida para nós, seres perfeitos que vive a reclamar da vida. Mas enfim, adorei e vou estar por la de agora em diante. Parabens aos dois que muito nos ensina com teus conhecimentos. Vida respirando Vida!!

William Oliveira disse...

Olá Patricia, agradeço sua visita e comentário!

Bjs

William Oliveira disse...

Simone, eu tenho certeza que você vai gostar, é um Blog especial, requintado, refinado e com a Harmonia Divina Japonesa!

Bjs!

William Oliveira disse...

Alexandre, meu amigo, eu quero te agradecer mais uma vez por esta entrevista e agora
agradecer por vc ser quem é: este anjo especial e ser editor deste blog especial!

Gratidão!

Um beju de Luz!

William Oliveira disse...

Simone amiga mana! "Vida respirando vida!"Falou e disse e sigamos nós rosas azuis e de sampa sempre primaveras de luz!

Lindo mesmo o trabalho do Ale... nossa eu amo!

Bjus a vc que tbm amo seu trabalho!

Grato a Todos que comentaram aqui e abrilhantaram este momento!

Grato ao Alexandre Mauj querido anjo amigo de todos! <3 :) !

MARCELO DALLA disse...

Olá amigos William e Alexandre!!!
Excelente a entrevista, tanto as perguntas quanto as respostas.
Gostei muito de saber que os japoneses não curtem assistir Tv no fim de semana, que preferem sair e curtir eventos... nesse sentido, me daria bem no Japão. hehehe
Deu pra sentir que é um povo realmente civilizado, educado... educação é tudo nessa vida. Enquanto não investirem em educação aqui no Brasil, continuaremos bem atrás nesse quesito...
Parabéns aos dois amigos!!!!!!
Alexandre, gostei tb de conhecer um pouco mais de ti!!!
grande abraço!

Orvalho do Céu disse...

Olá, William
Estou muito ausente por uma Missão mas ainda bem que achei o seu Blog e a entrevista linda do Alê!!!
Vc tem toda razão: é um dos melhores Blogs que conhecemos (martérias bem selecionadas)... e com pureza de coração lida conosco... ele não nos julga(raridade hoje em dia)...
Sejam os dois abençoados e felizes!!!
Abraços fraternos de paz

Evanir disse...

William..
embora atrasada não poderia deixar de dar parabéns a você e ao Alexandre.
O Alexandre é um amigo muito especial
um excelente conselheiro já me ajudou muito todas as vezes que precisei de uma palavra de conforto e carinho.
William,você também é muito especial
trazer o Alexandre para um bate papo no seu blog.
Foi bom demais assim fiquei conhecendo muito mais desse amigo tão querido por todos nos.
Um lindo final de semana beijos,Evanir.

Nilce disse...

Parabéns William pela entrevista.
Apesar de parecer que conheço o Alexandre há muitos anos e pessoalmente, achei a entrevista muito válida.

Bjs no coração dos dois!

Nilce

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...