segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O Príncipe do Samba... e sua Filosofia


"O mundo me condena, e ninguém tem pena


Falando sempre mal do meu nome


Deixando de saber se eu vou morrer de sede


Ou se vou morrer de fome


Mas a filosofia hoje me auxilia


A viver indiferente assim..."



Aqui neste vídeo uma interpretação divinal de Mart'nália... a Princesa do Samba...!


FILOSOFIA
 NOEL ROSA

"O mundo me condena, e ninguém tem pena
Falando sempre mal do meu nome
Deixando de saber se eu vou morrer de sede
Ou se vou morrer de fome
Mas a filosofia hoje me auxilia
A viver indiferente assim
Nesta prontidão sem fim
Vou fingindo que sou rico
Pra ninguém zombar de mim
Não me incomodo que você me diga
Que a sociedade é minha inimiga
Pois cantando neste mundo
Vivo escravo do meu samba, muito embora vagabundo
Quanto a você da aristocracia
Que tem dinheiro, mas não compra alegria
Há de viver eternamente sendo escrava dessa gente
Que cultiva hipocrisia "




2 comentários:

Glorinha L de Lion disse...

Essa letra é demais né, William? Esse cara sabia tudo! Amo as letras de Noel! Viva ele! Parabéns pelo seu presépio ter sido selecionado! Tá lindo mesmo! Parabéns e Sucesso! beijos,

William Garibaldi disse...

Glorinha, sabe aquela visita, ou aquele telefonema que chega... ou toca, quando a gente tá sozinho numa tarde chuvosa e... alguém lembra da gente... Pois é.. foi assim que me senti com a chegada do teu comentário! Que bom! Agradeço a visita, hoje o café e o bolo são por minha conta...
Tbm amo as letras do Noel! Sou suspeito pra falar... gosto além da conta... tenho muito dele... da dor dele...
Que legal viu o presépio! Torce por mim!
Beijos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...