Eu

Eu
Bill Oliveira William

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Solar do Bruxo





Eu tive sonhos lindos!
E chamei muitos amigos
para sonharem comigo um Novo Mundo
Um reino sem rei, onde cada um é um rei!... de sí, que seja!
Mas me machucaram, me traíram e me confundiram tanto...
Que hoje eu moro sozinho.
Só a poesia

às vezes vem brincar comigo!

W.O.






Machado de Assis era chamado Bruxo, por ter um caldeirão enorme, onde queimava de noite, seus rascunhos de escritos e mais escritos...?
Era só isto o que ele queimava?... Em seu sobrado do Cosme Velho?
Um escritor, é um alquimista da vida... do tempo, de si!
Aqui neste mundo, onde precisamos da palavra, para ver e sentir o que não poderá ser dito nunca! A palavra perdida é bem maior e mais abrangente do que o nome de deus!

Estes pensamentos em Machado, me viéram hoje de tarde, quando acendi com alcool e papel, a minha caldeira com restos de mim no quintal do meu sobrado.
Sincronias do tempo... realidades que se tocam, e veio o poema. E eu sempre dando explicação! rsrsr
Sei que está tudo 'conectado'.


Imagem dAQUI


4 comentários:

Maria Célia disse...

Olá William
Numa coisa você tem razão, nunca sabemos ao certo se pensamentos, citações, textos são mesmo de fulano ou siclano, já vi cada erro crasso rodando pela internet.
Você escreve bem, ainda que vez ou outra eu não entendo quase nada.
Boa noite.

Simone Melo disse...

"É na poesia que tu cantas a tua canção, melodia de tua vida, vivida
e sentida por aqueles que te encontram nas entrelinhas..."
Abraços

Yasmine Lemos disse...

sua alquimia é envolvente e sensual, tomemos todas as doses.
beijo grande!

✿ chica disse...

Passar aqui é lindo sempre! abração e fui lá na tua indicação.Valeu! abração,chica

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...