segunda-feira, 28 de junho de 2010

IV

Meu Ídolo Mudo Criou VIDA!




Nada do que te fiz

pôde comover-te

Tirar-te deste estado:

Ser Divino e Distante

De pedra ou mármore inabalável...

Nem sopro, 'nem vela'

Nem beijo de fogo!

teu corpo conquistou...

Estatua!!!! Muda e desalmada.

Então fui-me embora,

Beija-flor desistido

de beijar uma flor de vidro!

...Tudo foi mais uma ilusão...

de uma vida sufocada pela escuridão...

Tu te mantiveste sempre imóvel,

enquanto o teu corpo se balançava,

mas tu eras inabalável por dentro!

Até que retornei:

joguei-te no chão!

Espatifou-se! Comoveu-se finalmente!... o mármore

Gozou!!! milhares de caquinhos teus,

brancos respingaram em mim e pelo quarto, na cama e na penumbra...

em meu rosto...

e nos meus cadernos de poesia!...

Venci-te!

Fiz-te gemer...

Bebi de ti!

Tirei 'Orgasmo' da Pedra!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...