terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

De volta a Poesia dos Secos e Molhados ( Início das Integrações aos Rosários de Fogo ! )



Estava hoje no trabalho e pensava nesta desconfiança natural do capitalismo, os colegas de trabalho, os subordinados.. os que seguem ordens... os que eu preciso direcionar... todos eles estão ali competindo.. eles não conseguem compreender o trabalho em equipe, e se perdem no desejo por aprovação, aceitação incondicional e se movem por interesse, seja financeiro, ou o simples fato de manterem seus empregos e suas posições respeitáveis... vamos experimentar esta semana a poesia no trabalho!?
Quem topa levar um verso, um texto ou um poema para ler para seus colegas ou funcionários! Seus parceiros!
???
Comentem.. espalhem a poesia!
Está lançado com este post o Integrações aos Rosários de Fogo, com Secos e Molhados.

O HIEROFANTE
João Ricardo – Oswald de Andrade
Não há possibilidade
De viver com essa gente
E nem com nenhuma gente
Nem com nenhuma gente
A desconfiança te cercará
Como um escudo
Pinte o escaravelho de vermelho
E tinge os rumos da madrugada
E tinge os rumos da madrugada
Irão de longe as multidões suspirosas
Escutar o bezerro plangente ti ti ti tiriri ririri
Tiriri ririri tiriri ririri tiriri ririri ri...
Lá lálálá lá lá... lá lálálá lá lá...
Lá lá lá lá lá lá lá...
Não há possibilidade
De viver com essa gente
E nem com nenhuma gente
Nem com nenhuma gente
A desconfiança te cercará
Como um escudo

Este vídeo: 
A Imagem: largado.futeboltotal.com



8 comentários:

A Escafandrista disse...

Eu adoro o nome deste blog!!! A música é incrivel, a ultima frase é tão real.. a desconfiança te cercará como um escudo... e vamos aprendendo a viver. Bjs

Bloguinho da Zizi disse...

William
Agora vc me jogou no túnel do tempo.
Que saudade!!!!!Secos e Molhados...

Agora vou dizer que vc é um corajoso querendo levar poesia pra os companheiros de trabalho. Sinto que isso vai mexer muito com o orgulho deles. Sim, muitas pessoas acham que poesia é bobagem, é coisa de quem não tem o que fazer.
Te admiro rapaz, tentando além do preconceito, quebrar esse comportamento competitivo que impera nesse mundão.
Como trabalho sozinha, vou espalhando umas poesias pelo blog, eu via e-mail e até mesmo no face.
Vamos colocar amor no coração dos nossos irmãos.
Beijinhos e mantém a gente informado da reação do teu pessoal.

pensandoemfamilia disse...

Ótima sugestão.
bjsTrazer a emoção à tona de fora positiva.

António Rosa disse...

Há quanto tempo não ouvia, nem lia este poema delicioso! Parabéns, William. Abraço.

Astrid Annabelle disse...

Olha que idéia William!
Ler e levar uma poesia para compartilhar!!! Sim!!
Bela música...bela.
Um beijo grande William

Beth/Lilás disse...

William!
Como você tem esta veia poética no peito, faz propostas líricas e lindas, mas 'essa gente', sei não, estão muito endurecidas pelo cotidiano urbano.
Tambem adoraria tivéssemos tempo para isso, parar em algum momento, ler uma poesia, compartilhar, trocar idéias.
O mundo tá difícil para quem é como nós, caro amigo.
beijos cariocas

Yasmine Lemos disse...

Grande Willian,
ja respondi sua pergunta lá mesmo no meu blog.Gostei do recado do post.A poesia liberta!
E vc ? Já está esquentando os tamborins e passos para o carnaval?
beijão

)O(Lua Nua)O( disse...

Nesse caso pode estar faltando liderança no gerenciamento. Normalmente o gerente ou chefe de setor tem que saber que tipo de liderança terá que aplicar com artistas. OPS, falou a administradora kkkkk

Beijocas

PS: Adorei essa lagartinha verde fluminense kkkkk

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...