segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

O Amor comeu... o meu nome...




Pra quem acha João Cabral de Melo Neto, apenas mineral, concreto e frio... este poema dele... esta RARIDADE... esta Jóia da Poesia atemporal e intensa mostra algo superior... algo do Amor... que é inexplicável...  que é mais uma ação... Poesia, são os olhos de quem lê que explica!...

Eu estou exatamente assim!
No mesmo estado!
O amor acabou de invadir... minha casa... meu ódio... meu eu inferior... 
( Que honra é incorporar um vídeo
 de 


9 comentários:

William Garibaldi disse...

Queridos leitores e Amigos, o Blog está em transição profunda, para que fique mais verdadeiro
e especialmente mais Intenso...
e para que mais nada seja explicado... calo-me.
Agradeço a visita, o Comentário, o Carinho Sempre!

O Warehouser disse...

Pondo um vídeo desse aqui, vc deixa meu coração apertadinho assim >º<
Sou louco alucinado por Cordel!!!
Dizendo aquelas coisas todas, meu coração abre um sorrizão assim

Visitar-te? Gostaria muito!
Derrubar um vinho contigo? Mas é claro!
Feiticeiro? Sim, sim, quem sabe um dia? Isso depende do que vou enxergar, sentir e aprender, depende de onde eu consigo chegar.

Fico muito feliz que tenha gostado, muito mesmo. E ainda te preocupas comigo? Que honra a minha!

Sabe que te conhecer foi mesmo um prensente?...poxa vida, quem diria!

Aquele abração, quente como o fogo encantado.

Evandro Oliveira disse...

Que bom tê-lo de volta, e que texto é esse amigo...chorei lendo!
Me identifiquei profundamente!

Te espero no sabor da letra.

Beijos no coração...

Vivian disse...

...que felicidade imensa é
chegar aqui e encontrar
esta maravilha, este ícone
de encanto se fazendo
poesia e amor!

delícia sermos devorados
pelo amor!

bj, querido!

obrigada pela partilha!

Bloguinho da Zizi disse...

William
De volta e de cara nova.
Gostei!
Quanto ao texto...não há o que dizer.

Grande beijo

Vivian disse...

...Willian meu menino lindo,
não importa quem achou quem.

importa sim é que hoje
estamos aqui trocando
energias de maneira tão
gostosa onde as letrinhas
saltitantes é que são as
bailarinas meninas que
brincam com nossas
emoções!

obrigada por ser tão
carinhoso comigo!

sê feliz, querido!

marcelo dalla disse...

Ebaaaaaaaaaaaa!!!! Que bom que voltou, querido!!!! Amei o poema...
Sugestão: bota uma fotinho aí no avatar pra gente ver sua carinha! hehehe
abraço

*Mundo Particular* disse...

Vim agradecer o carinho de sua visita. Bj carinhoso!!!

Yasmine Lemos disse...

Willian! que video!! amoooooo
beijo e um carinho com desejos de muita luz!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um Ano de Versos de Fogo

Marginal é a POESIA

que te PARIU!!!!!!!!!!

Violão em Chamas...

Violão em Chamas...